Sombras no Vale Cinzento — Prólogo Parte 2

Sombras no Vale Cinzento – Prólogo: Ataque à Água Ruidosa, Parte 2

Do lado de fora da taverna, o caos se instalava. Os goblins avançavam desordenadamente, atacando todos que encontravam. Os aventureiros então avançaram para cima dos inimigos, o que fez com que o líder comandasse os goblins contra os aventureiros.

Halragorn, o tiefling senhor da guerra, se interpôs entre um goblin e um homem caído e, com seu mangual em punho, esmagou o peito do goblin, que caiu com um baque seco.

Agnus, o draconato paladino de Bahamut, avançou e se posicionou próximo de vários goblins. Ele canalizou a energia dracônica e usou seu sopro elétrico, fazendo com que dois deles caíssem eletrocutados.

Iruan, a elfa maga, usou seu poder arcano e lançou uma poderosa rajada de chamas, queimando até a morte mais dois goblins.

Kalidan, o eladrin ladino, atacou um deles enquanto corria em uma velocidade estonteante, perfurando o goblin profundamente.

O líder dos goblins conjurou uma nuvem que atrapalhava os ataques e cegava os aventureiros. Os goblins atacavam ferozmente e derrubaram Iruan, que logo foi erguida graças à Halragorn. A luta ficou favorável para os aventureiros quando a maioria dos goblins foi derrotada e encurralaram o líder. Com um golpe de Agnus, o líder tombou, terminando assim a invasão frustrada dos goblins, que apenas não obteve êxito graças aos aventureiros desconhecidos.

Capítulo I: Ameaças em Água Ruidosa

Eles estavam na taverna juntos comigo, quando os goblins atacaram a vila. O draconato bebeu a cerveja numa golada enquando sacava sua espada bastarda, o tiefling pegou um mangual do meu tamanho com as duas mãos, enquanto mal vi que o eladrin já estava de frente a porta e a elfa com sua cajado emanava de poder arcano!

Marsh Laval, proprietário d’O Caneco em Água Ruidosa.

Após o ataque, os aventureiros começaram a tentar descobrir o motivo do ataque e acabaram encontrando um pergaminho no corpo do líder goblin, que dava algumas informações a respeito.

Pergaminho de Kerwig

Então descobrem que Curuvar, o Brônzeo, o mago local de Água Ruidosa, foi quem trouxe o totem chifre, o objeto que os goblins estavam buscando e que foi vendido para Garwan, da Curiosidades de Garwan.

O capitão Folha Flecha, pediu aos aventureiros que escoltassem os comerciantes para Secomber, mas eles recusaram, pois tinham um encontro marcado com Curuvar. Naquela noite, alguém envenenou todos os cavalos do estábulo e roubou o mais rápido de todos, o Sombra Negra. um dos anões que cuidam do estábulo conseguiu ver de relance alguém com os cabelos brancos e com roupas cavalgando no Sombra Negra. Viram também alguém descendo o rio Cinzento, com caixas bem grandes suspeitas.

Após uma boa noite de descanso no Caneco, os aventureiros se encontraram com Curuvar, que acabou contando muita coisa sobre os goblins e seu líder Sancossug. Descobriram a localização do covil dos goblins, chamado de a Tumba do Ogro Rei, e receberam a promessa de Curuvar, que, caso consigam acabar com a ameaça goblin, receberiam o Totem Chifre como recompensa.

E assim partiram em direção à Tumba do Ogro Rei.

Linha do Tempo

1479, O Ano Daquele que Não tem Idade

5 de Mirtul — Ataque dos goblins liderados por Kerwig à Água Ruidosa. Os aventureiros se encontram e começam a trabalhar juntos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s